0

Com enredo que resgata a herança africana, Beija-Flor é campeã do carnaval carioca

Posted by José Flávio Santos de Carvalho on 19:13
Quarta-feira, 18 de fevereiro



“Acabou o nosso carnaval, ninguém ouve cantar canções. Ninguém passa mais brincando feliz, e nos corações, saudades e cinzas, foi o que restou”. Assim cantava o poeta na canção, Marcha da Quarta-feira de Cinzas. Mas... Na realidade, as coisas não funcionam bem assim. Ainda não é hora de guardar as fantasias e adereços, nem muito menos é hora de fazer silenciar o contagiante som da bateria. Pelo menos no Rio, é hora de saber quem é a grande campeã. Se é um momento de grande expectativa no país inteiro, imagina no Rio de Janeiro, e ainda mais nas comunidades do Rio, que fazem aquele belíssimo carnaval.

Na tarde desta quarta-feira, foi hora de voltar, novamente, a Avenida Marques de Sapucaí, contar os pontos, gritar “É campeã!”... E voltar, mais uma vez, à Marques de Sapucaí, na noite de sábado, para o glorioso desfile das campeãs. Neste desfile estarão as seis melhores colocadas na apuração de hoje.

Na manha desta quarta-feira, a Liga Independente das Escolas de Samba do Rio de Janeiro (Liesa), havia sorteado a ordem dos quesitos, a fim de os envelopes com as notas dos jurados fossem abertos de acordo com a ordem sorteada. De acordo com o sorteio, ficou estabelecida a seguinte ordem de julgamento: 1º)Harmonia; 2º) Fantasia; 3º) Alegorias e Adereços; 4º) Mestre-sala e porta-bandeira; 5º) Comissão de frente; 6º) Samba-enredo; 7º) Bateria; 8º) Enredo e 9º) Evolução, funcionando este último como critério de desempate. Os envelopes contendo as notas dos jurados são guardados com toda a segurança, geralmente, em um batalhão de polícia, e levados de carro-forte à Marques de Sapucaí, no dia da apuração.

A apuração começou às cinco horas da tarde, com transmissão de TV para todo o país. “Com o coração na mão”, como diz o ditado popular, na Marques de Sapucaí estavam os diretores das escolas, pois na apuração dos quesitos, só é permitido à entrada das comissões organizadoras das escolas de samba que concorrem ao título de campeã do carnaval carioca. Apreensivos, os diretores fazem anotações, somam resultados. Todas as escolas começam com iguais oportunidades e, inicialmente, os resultados são mais ou menos idênticos. Aos poucos, geralmente, duas escolas avançam e polarizam a disputa. Na quadra das escolas, também em grande expectativa, os integrantes das escolas.

Nesta tarde, a disputa foi muito apertada, e polarizou-se entre a Beija-Flor e o Salgueiro. Décimos de pontuação separavam as duas escolas fazendo com que a apuração se tornasse ainda mais emocionante. No penúltimo quesito, enredo, a diferença entre as escolas chegou a apenas um décimo.

No último quesito, evolução, a Beija-Flor foi avançando e, de décimo em décimo, foi se distanciando, porém não muito, do Salgueiro. A nota do jurado, Jorge Roberto Lages, sagrou, em definitivo, a Beija-Flor, como campeã do carnaval carioca 2015.

Nota dez! É nota que todo mundo quer ouvir. E a beija-flor, ouviu muitas notas 10. Conquistou merecidamente o título. Quando veio a confirmação do resultado, a emoção foi geral, tanto na Marques da Sapucaí, quanto na quadra da escola. Neguinho da Beija-Flor, principal interprete do samba-enredo da escola, muito emocionado, chorava, ao dar entrevista para a TV. Lágrimas também escorriam pelas faces de Laila, Diretor Geral de Carnaval e Harmonia, da escola. O troféu esculpido em bronze, faz menção ao malandro carioca de décadas atrás, os integrantes o levantaram com grande emoção, entusiasmo e alegria, afinal de contas, por trás de toda essa folia, existe um ano inteiro de trabalho e dedicação. A alegria era maior ainda, pois, no ano passado, a escola nem chegou a estar no desfile das campeãs, pois ficou em sétimo lugar na disputa.

Este ano, a Beija-Flor trouxe o enredo: Um Griô Conta a História: Um Olhar sobre a África e o Despontar da Guiné Equatorial. Caminhemos sobre a Trilha de Nossa Felicidade, que fala de influência africana na cultura brasileira, com enfoque na Guiné Equatorial. “É um grande samba. Tenho certeza que pode ser o samba do carnaval. Temos que trabalhar bastante agora, porque a nossa responsabilidade será ainda maior. Fiz todos os testes possíveis durante essa disputa e tenho certeza que escolhemos a melhor obra. Tivemos a felicidade de contarmos com grandes sambas nessa disputa – disse Laíla, em outubro, por ocasião da escolha do samba.

A Beija-Flor foi a terceira escola a desfilar na noite de segunda-feira... E veio simplesmente deslumbrante. Resgatou a alma africana com muito luxo em suas fantasias e alegorias rebuscadas. A comissão de frente exibiu máscaras que mudavam de expressão, e que retratavam o povo africano.

Segue, abaixo, letra do samba-enredo da Beija-Flor, em 2015.

***

Um Griô Conta a História: Um Olhar sobre a África e o Despontar da Guiné Equatorial. Caminhemos sobre a Trilha de Nossa Felicidade

G.R.E.S. Beija-Flor de Nilópolis (RJ)

Sou negro na raça, no sangue e na cor
Um guerreiro beija-flor
Óh minha deusa soberana
Resgata sua alma africana

Vem na batida do tambor
Voltar na memória de um griô
Fala cansada, mãos calejadas
Ouça menino beija-flor
Ceiba árvore da vida
Raízes na verde imensidão
Na crença de tribos antigas
Força incorporada nesse chão
O invasor singrou o mar, partiu em busca de riquezas
E encontrou nesse lugar
Novas índias, outras realezas
Destino trocado, tratado se faz
Marejam os olhos dos ancestrais

Nego canta, nego clama liberdade
Sinfonia das marés saudade
Um africano rei que não perdeu a fé
Era meu irmão, filho da Guiné

Formosa divina ilha testemunha dos grilhões
Eu vi a escravidão erguer nações
Mas a negritude se congraça
A chama da igualdade não se apaga
Olha a morena na roda e vem sambar
Na ginga do balelé, cores no ar
Dessa mistura eu faço o Carnaval, canta Guiné Equatorial
Criança, levanta a cabeça e vai embora
O mar que trouxe a dor riqueza aflora
Tem uma família agora
Quem beija essa flor não chora

Sou negro na raça, no sangue e na cor
Um guerreiro beija-flor
Óh minha deusa soberana
Resgata sua alma africana

0 Comments

Postar um comentário

Copyright © 2009 Cottidianos All rights reserved. Theme by Laptop Geek. | Bloggerized by FalconHive. Distribuído por Templates