0

Cristiano Ronaldo: O melhor do mundo pela terceira vez

Posted by José Flávio Santos de Carvalho on 00:12
Terça-feira, 13 de janeiro



Messi? Neuer? Cristiano Ronaldo?

Havia certa expctativa no mundo do esporte para saber quem seria eleito o melhor jogador de 2014. Finalmente, nesta segunda-feira, em Zuriuqe, na Suíça, foi anunciado o vencedor do prêmio Bola de Ouro. Cristiano Ronaldo driblou Messi e Neuer e correu para levantar mais um importante troféu em sua carreia. Mais uma premiação de peso para sua vasta coleção. Esta é a terceira vez que o português, jogador do Real Madri, é eleito o melhor do mundo na premiação organizada pela FIFA e pela revista France Football. Ele já havia levantado o Bola de Ouro em 2008 e 2013. Entretanto, não supera o argentino Messi, que foi escolhido o melhor do mundo por quatro anos consecutivos (2009, 2010, 2011 e 2012).

CR7, como é conhecido no mundo do futebol, não foi muito bem na Copa do Mundial, realizada ano passado, aqui no Brasil, porém conquistou títulos importantes pelo Real Madrid, como por exemplo, a Liga dos Campeões da Europa, o Mundial de Clubes e a Copa do Rei. O ano também foi positivo para Cristiano Ronaldo se considerarmos que ele terminou o ano como melhor artilheiro da liga dos campeões pelo segundo ano consecutivo. Ao marcar 17 gols na temporada passada da liga dos campeões, CR7 é o maior artilheiro da Liga em uma única temporada.

Ao todo ele já terminou o ano como melhor artilheiro dessa competição por três vezes. No próprio Real ele também teve êxito ao terminar o campeonato espanhol com 31 gols, apenas três a mais que o argentino Messi.

Messi e Cristiano Ronaldo já são figurinhas carimbadas no Prêmio Bola de Ouro, a novidade neste ano foi o goleiro alemão Neuer. O goleiro fez excelentes defesas durante a Copa do Mundo e ajudou a levar Alemanha a sagrar-se campeã do mundo em 2014. Desde 2002 um goleiro não era indicado ao prêmio, quando o também alemão Oliver Khan, goleiro do Bayern de Munique, também foi indicado e também foi superado pelo brasileiro Ronaldo, que jogava no Real Madrid.

O auditório do Kongresshaus presenciou nesta segunda-feira um saudável duelo entre Messi e Ronaldo. Os dois travam entre si uma saudável rivalidade que mantem acesa a chama do bom futebol. Dois craques, duas estrelas, que sabem canalizar muito bem a energia da qual estão cheios seus corpos e colocam isso em prol do futebol.  Eles não declaram publicamente seus desafetos, mas todos sabem que há certa reserva entre eles, uma disputa, para ver que é eleito o melhor do mundo. Disputam assim até acrescentam um tempero mais picante ao jogo. Isso também acontece em outros esportes como, por exemplo, com a lendária disputa entre Senna e Prost e, mais recentemente, entre Hamilton e Rosberg. O bom mesmo seria que houvesse tantos craques a serem indicados com chances de levar o troféu que não víssemos essa polarização entre os Messi e Cristiano. Melhor ainda seria se o jornais do mundo inteiro estampassem apenas notícias agradáveis e saudáveis quanto essa.

Os alemães não levaram o título na premiação masculina, mas conseguiram o feito na premiação feminina. Nadine Angerer, goleira alemã, foi quem levou o título de melhor jogadora do mundo em 2014, tornando-se a primeira goleira a levantar o troféu. A alemã disputava o troféu com a brasileira Martha e a americana Abby Wambach. A brasileira, que venceu o prêmio por cinco vezes, entre 2006 e 2010, mostrou-se um pouco decepcionada quando viu o troféu ir parar nas mãos da alemã.

0 Comments

Postar um comentário

Copyright © 2009 Cottidianos All rights reserved. Theme by Laptop Geek. | Bloggerized by FalconHive. Distribuído por Templates