0

Viva a tecnologia! Viva a democracia! Salve os benfeitores!

Posted by José Flávio Santos de Carvalho on 14:07
Domingo, 26 de outubro

É hoje! É hoje, o tão esperado dia no qual será revelado o nome do nosso próximo governante, pelos próximos quatro anos. Teremos mudanças ou não? Este segredo está sendo, rigorosamente, guardado nas urnas, e começará a nos ser revelado, a partir das oito horas da noite. Até lá, só expectativa.

Falando em eleição, ela decorre de modo tranquilo em todo o país. Fui votar nas primeiras horas da manhã — as seções eleitorais foram abertas às oito da manhã — em uma das escolas aqui de Campinas... E gostei do que vi. Cidade limpa, sem o enorme volume de panfletos de candidatos espalhados pelas ruas, a exemplo do primeiro turno. Seções eleitorais sem filas. Quando cheguei lá não encontrei ninguém na fila. Demorei apenas cerca de quinze segundos para votar e meu dever cidadão estava cumprido, pelo menos naquele ato. Que maravilha, que é essa coisinha chamada urna eletrônica. Viva a tecnologia! E viva a democracia!

Não vou escrever muita coisa agora. Apenas passei para pedir, em primeiro lugar a proteção de Deus, para que ele olhe por esse povo tão querido e tão diverso e, ao mesmo tempo, uno, que é o povo brasileiro. Peço também a inspiração de grandes benfeitores, que contribuíram com seu talento, sua arte, nas mais diversas áreas, para a grandeza do Brasil.

Deixo com vocês a letra da música, Benfeitores do Universo, composta por Helio Cabral e interpretada por Martinho da Vila.

Grande abraço a todos!

***

Benfeitores do Universo

Interpretação: Martinho da Vila
Compositor: Helio Cabral

Acordem
Benfeitores do universo
Que vou render tributo aos meus heróis
E nesta apoteose à grandeza
Eu peço a presença de todos vós
De todos vós

Antonio Francisco Lisboa
O maior vulto da arte colonial
Pedro Américo, emérito pintor
João Caetano, o nosso maior ator
Salve José do Patrocínio

O denodado baluarte nacional
Exaltemos Carlos Gomes
Orgulho da nossa terra
No cenário musical

Ruy Barbosa, símbolo da inteligência
Oswaldo Cruz, mártir da ciência
Santos Dumont, o pai da aviação
E Castro Alves, poeta da abolição

Acordem heróis

0 Comments

Postar um comentário

Copyright © 2009 Cottidianos All rights reserved. Theme by Laptop Geek. | Bloggerized by FalconHive. Distribuído por Templates