0

Avenida Brasil: O grande final na Argentina

Posted by José Flávio Santos de Carvalho on 00:15
Segunda-feira, 07 de julho

A grande final será na Argentina e acontecerá nesta segunda-feira, dia 07 de julho, em uma casa de espetáculos, na capital Buenos Aires. Nove mil ingressos foram colocados à venda e se esgotaram em poucas horas. Igual a toda final, essa tem despertado muita expectativa, muita apreensão e curiosidade para saber os mistérios do final. Antes que alguém pense que estou falando de Copa Mundo, nada disso. Estou falando do final do grande sucesso que é a novela de João Emanuel Carneiro, Avenida Brasil.

A telenovela foi exibida originalmente no Brasil, entre 26 de março e 19 de outubro de 2012. Foi um enorme sucesso que deixou saudades nos telespectadores brasileiros. O último capítulo da novela equivaleu as emoções de um jogo de final de Copa do Mundo. O país parou para ver o desfecho da trama. Igual aos jogos do Brasil, as ruas ficaram vazias. Todos queriam apenas uma coisa: estar em casa, confortavelmente, para conferir as muitas emoções do último capítulo. Quem não pode ir para casa, correu para os bares, restaurantes, enfim, qualquer lugar que tivesse uma televisão sintonizada na Globo, canal que exibia a trama. Até a presidente Dilma Roussef, desmarcou um compromisso oficial, pois, certamente, não haveria público para o discurso dela. Acho que a presidente até gostou que desmarcassem o compromisso, uma vez que, também ela, queria assistir a novela.

Nesta segunda-feira (07), será a vez dos argentinos experimentarem essa emoção. O elenco da novela foi convidado para participar da festa e grande parte do elenco confirmou presença. Por falar no elenco da novela, esse era de grande qualidade, destacando-se as participações de Adriana Esteves (Carminha), Murilo Benicio (Tufão) e Débora Fallabela (Nina).

Abaixo, compartilho texto publicado na versão brasileira do jornal argentino, O Clarín falando sobre esse mega sucesso que é Avenida Brasil.

***


NOVELA BRASILEIRA

"Avenida Brasil": um sucesso que tomou conta do planeta


A novela emitida pelo canal Telefe é a mais vista a nível global e na Argentina ela geralmente lidera o rating. Além de suas múltiplas qualidades artísticas, resultou um negócio formidável.

Na Argentina, desde sua estreia no dia 16 de dezembro, a novela aparece entre os programas mais vistos e geralmente lidera o rating durante dias.

 O fenômeno de audiência é o mesmo que aconteceu em todos os países onde ela foi emitida. Sua produtora, a Rede Globo, vendeu os direitos de exibição a 124 países e a novela foi dublada a 18 idiomas.

 De acordo com a revista Forbes dos Estados Unidos, Avenida Brasil é um autêntico e milionário negócio da televisão mundial: com um investimento de US$ 91 milhões de produção, a Globo arrecadou nada menos que US$ 2 bilhões, o que a transforma na novela mais rentável da história até agora.

 A trama de um roteiro delineado no detalhe (as produções brasileiras são famosas pelas equipes de roteiristas que trabalham como um mecanismo de relojoaria) e uma produção que não economiza em nada, são algumas das chaves para o boom de audiência.
 A outra peça fundamental com certeza está nas atuações. Nesse caso, Débora Falabella (Nina) e a vilã Adriana Esteves (Carminha) soltam faíscas.

 E o resto do elenco mantém cada capítulo com muito talento, evitando divismos. Pelo menos enquanto o produto está no ar. Depois, é outro assunto.

 Lixão

 Em Avenida Brasil, a vingança é o motor principal que faz a história avançar. Mas também há romances, complicados isso sim, para aumentar o suspense. Um é o de Nina e Jorginho (Cauã Reymond), que vem da infância quando os dois (na época Rita e Batata) eram crianças abandonadas num aterro de lixo.

 Neste caso, o pior inimigo para esse amor chegar a um final feliz parece ser a própria protagonista, Nina, que antepõe sua sede de vingança a qualquer outro sentimento.

E existem mais histórias de amor, complicadas, como a de Tufão (Murilo Benício) e sua namorada do bairro, Monalisa, que ficou truncada por um engano inescrupuloso de Carminha, que finalmente se casou com Tufão, a quem é infiel historicamente com Max (Marcelo Novaes), outro dos maus da novela. Um dramalhão.

Mas como é no Brasil, não podem faltar os corpos esbeltos e o erotismo à flor da pele. Nesta ocasião eles são representados por Jorginho, que com este personagem consagrou Cauã Reymond como sex-symbol, dentro e fora do país. Ele é um cara meigo, que sofre por amor e está em busca de sua verdadeira identidade. No lado feminino, as curvas de Suelen (Ísis Valverde) aportam a cota de “pele” para deleite masculino.

 A história tem espaço para que estejam refletidas todas as classes sociais. Desde o tradicionalismo representado pelos personagens de classe média até os novos ricos como Tufão e sua família, que nunca terminam de ser aceitos na classe alta, essa que brilha na zona sul, uma das mais sofisticadas do Rio.

 Futebol

 E é claro, a franja mais marginal que habita o lado B, o menos turístico da cidade carioca, esse submundo sujo e obscuro que é o lixão, de onde os protagonistas saíram.

 E além de tudo isso, Avenida Brasil também entra no mundo do futebol, com a paixão e com seus negócios pouco claros que movimentam milhões.

 Foi todo esse coquetel que conseguiu captar a atenção um país inteiro quando, no dia 19 de outubro de 2012 foi emitido o último dos 179 capítulos.

 Nesse dia, o sistema elétrico do Brasil aumentou o número de usinas elétricas em todo o país prevendo um excesso de consumo e até a presidente Dilma Rouseff ajeitou sua agenda para ficar grudada na televisão vendo o desfecho da história.



0 Comments

Postar um comentário

Copyright © 2009 Cottidianos All rights reserved. Theme by Laptop Geek. | Bloggerized by FalconHive. Distribuído por Templates